sexta-feira, 22 de junho de 2012

I almost KISSED A GIRL

Hello!
Tava ontem fazendo as unhas enquanto o Dan estava usando o notebook e pedi pra que ele colocasse umas músicas pra tocar, daí ele pôs o CD "ONE OF THE BOYS" da "KATY PERRY" pra reproduzir, o meu favorito até agora e quando a música "I KISSED A GIRL" começou a tocar, um turbilhão de emoções me atacaram...

É impossível não lembrar da Sophia quando essa música toca! Simplesmente IM-PO-SSÍ-VEL! Meu quase caso gay, a mulher dos meus sonhos... Acho que nunca conheci uma menina tão perfeita igual a ela... Tentei encontrar um milhão de defeitos, mas não tinha jeito, ela é incrível!! Uma pena não ter dado certo....

Mas até hoje coisas que vivi com ela me influenciam, inexplicavelmente... Sei que sou uma boba de me sentir assim por uma pessoa que nem deve se lembrar de mim, ou deve me odiar por ter sido sacana com ela, mas ainda assim eu a venero até hoje...

Eu sei também que criei muita coisa na minha cabeça com imaginações de como seria se outras decisões fossem tomadas e isso faz com que a minha visão do passado fique um tanto turva... Não sei se certas coisas realmente aconteceram ou se fui eu apenas imaginando acontecer...

Sei que acabei metendo os pés pelas mãos e brigando com ela por algo que ela não fez e me arrependo de não ter lhe dado oportunidade de se explicar... mas a vida é assim mesmo!! Pelo menos assim ela vai continuar sendo perfeita pelo resto da eternidade na minha cabeça... Porque a burra fui eu que perdi uma amizade tão bacana quanto a dela.

Um dos motivos de eu não concordar quando o Dan diz que sou perfeita... Depois que a conheci, conheci a perfeição personificada numa mulher e nunca me esquecerei disso! Ainda tenho suas fotos salvas, mas prefiro não postar aqui por motivos pessoais... Sorry!

Infelizmente não tenho coragem de procurá-la pela net de novo, não tenho coragem de pedir desculpas por ser uma criançona estúpida e tenho medo que ela não me trate bem como antes. Então deixa do jeito que está, foi ótimo enquanto durou e não me arrependo de um dia ter dito que tive uma "namoradA", mesmo que fosse só coisa da minha cabeça... rs

Sempre sentirei saudades dela, de nossas conversas de rebeldes sem causa e mergulharei nesse mar de sentimentos sempre que ouvir essa música que marcou aquela "nossa época"...

Well, só mais um desabafo habitual e muitos outros estão por vir (doa a quem doer, mesmo que a dor seja em mim), com certeza!

See ya!

Nenhum comentário:

Postar um comentário