terça-feira, 5 de junho de 2012

Abismo


De repente tudo começa a dar errado e nada fica no lugar... Como podem as coisas saírem dos trilhos tão rápida e catastroficamente?
É incrível a capacidade que as pessoas têm de invejar a vida alheia e mais incrível ainda a minha de absorver tantas energias negativas.
Às vezes dá vontade de chorar, mas é preciso segurar as lágrimas... Ninguém sabe exatamente como é minha vida e as coisas que eu passo e por mais que eu conte, nunca vão saber, porque não sentem na pele as minhas emoções.
Às vezes dá vontade de gritar, mas uso a técnica de encher a boca de água. E assim me calo, por mais que as coisas estejam ruins, por mais que as pessoas só me façam piorar.
Um dia disseram que eu só posto coisas tristes no meu primeiro blog (Finnegan Things)... Mas ninguém se importa com o fato de que essas coisas tristes são as coisas que eu penso e que eu sinto... Simplesmente preferem ignorar este fato.
Talvez eu que esteja errada (sempre estou mesmo né)... Eu me preocupo DEMAIS com a saúde e bem-estar alheio e esqueço de mim, enquanto os outros não estão nem aí se eu tô passando dificuldades ou não...
Hoje, eu tenho trocentos motivos pra ficar triste, posso citar aqui meu resfriado repentino e a incerteza quanto ao futuro do meu pai no emprego. Mas somente uma coisa está me fazendo falar todas essas coisas e chorar pra piorar ainda mais a situação do meu nariz que não para de escorrer desde ontem.
Eu queria ser forte o suficiente pra não deixá-lo me atingir, mas é impossível! Seu pessimismo me afeta de forma estrondosa e suas acusações sem fundamento cortam o meu coração. Essas feridas vão demorar muito pra cicatrizar, mas eu sei que daqui a pouco eu coloco algo que camufle elas e num piscar de olhos ele esquece.
Como se eu fosse a maior rocha do mundo... Eu realmente queria ser, mas é impossível não ser atingida por tantas provocações, tantos testes de resistência e paciência... Uma palavra mudou o desfecho do dia inteiro e o problema é que essa palavra vem se repetindo todos os dias, eu fico com a sensação de ter entrado num looping infinito onde um passo em falso me joga do abismo...
Eu sei que eu vou me arrepender de postar isso, mas é assim que tem que ser.

"Isso também vai passar"
Chico Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário